Fronteira, corpo e direitos linguísticos serão discutidos no III Colóquio Mato-grossense de Educomunicação

Mesa 1: Fronteira, Cidadania, Interculturalidade e Direitos

Por Assessoria

Fronteira, cidadania, interculturalidade e direitos é o tema da primeira mesa-redonda do III Colóquio Mato-grossense de Educomunicação, na tarde do dia 19 de novembro de 2020, com a participação de pesquisadores da Espanha e do Brasil. A mesa apresentará um panorama nacional e internacional e discutirá os direitos das pessoas que vivem na fronteira ou com deficiências auditivas, assim como seu acesso à educação e comunicação.  

“Será uma oportunidade para dialogar sobre as especificidades linguísticas num contexto de direitos e conquistas em relação a dar condições para que as pessoas possam se comunicar em sua língua de origem,” argumenta a mediadora do debate e professora da Unemat, Geni Conceição Figueiredo Zacarkim, integrante do grupo de pesquisa Jornalismo, Educomunicação e Cidadania (Educom.JOR), um dos organizadores do colóquio.

A mesa contará com as pesquisadoras Maria Matesanz Del Bairro e Viviane Ferreira Martins, da Universidad Complutense de Madrid, que falarão sobre estudos dos direitos linguísticos na fronteira entre Brasil e Bolívia.

A região de fronteira do Brasil com a Bolívia terá espaço com a temática Mulher em Cáceres/San Matias abordada pela professora Marli Barboza da Silva (Unemat) e a questão da língua, identidade e língua de sinais boliviana, com os professores Fernando Jesus da Silva (UFMT- ) e Stela Perné Santos (IFMT), respectivamente.

Outra vertente a ser discutida será a relação entre corpo, arte e mídia, com os professores Denise da Costa Oliveira Siqueira (UERJ) e Euder David Siqueira (UFFRJ), trazendo para o debate conceitos que envolvem cultura e expressão artística no universo contemporâneo.

Sobre os palestrantes

Maria Matesanz Del BairroProfessora Associada da Divisão de Linguística Geral do Departamento de Linguística Geral e Árabe, Hebraico e Estudos da Ásia Oriental da Universidade Complutense de Madrid desde julho de 2008. Professora Catedrática em 2015. É Coordenadora do Programa de Doutorado em Linguística Teórica e Aplicada. Participou como Professor Visitante no Mestrado em Ciências da Linguagem e Linguística Hispânica da UNED ensinando Etnolinguística (2013-2014). É diretora da equipe de investigação Complutense do LALINGAP desde 2009. Sua investigação desenvolve-se principalmente em três grandes linhas de investigação relacionadas com a sua carreira de investigação e docência: intercompreensão e aquisição de uma segunda língua, lexicologia e lexicografia e análise do discurso. 

Viviane Ferreira MartinsProfessora Associada do Departamento de Linguística General, Estudos Árabes, Hebreus e de Ásia Oriental da Universidad Complutense de Madrid (UCM) desde 2016. Fez Doutorado em Linguística pela mesma universidade com tese sobre formação sociolinguística para professores de Língua Estrangeira no Brasil (2019). É brasileira tendo atuado como professora de Espanhol na Universidade Federal de Minas Gerais (2002). Participou do Convênio entre a UCM e Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) como organizadora e professora.

Stela Perné SantosSurda Bilíngue e co-autora do Livro Lacuna 1. Possui graduação em História (PUC-Goiás, 2004), em Letras Libras (UFSC, 2010) e mestrado em Linguística (UnB, 2019). Atualmente é professor titular do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de Mato Grosso. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Libras, atuando principalmente nos seguintes temas: Língua de Sinais, Surdez, Terminologia de Libras. Lei maria da Penha para mulheres Surdas.

Denise da Costa Oliveira SiqueiraProfessora Titular da Faculdade de Comunicação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Doutora em Ciências da Comunicação (ECA/USP), Mestre em Ciência da Informação (ECO/UFRJ). Professora no Programa de Pós-Graduação em Comunicação da UERJ. Coordena o Laboratório de Pesquisa em Comunicação, interação e cultura (Lampe/PPGCom) e o Grupo de Pesquisa Corps – Corpo, representação e espaço urbano. Desenvolveu pesquisa pós-doutoral em Sociologia (Université Paris-Descartes/ Sorbonne). Especialista em Sociologia Urbana e graduada em Comunicação/Jornalismo (UERJ). Tem experiência em ensino, pesquisa e extensão investigando narrativas do eu, construção social das emoções, corpo, gênero, cidade, imaginário, dança, jornalismo cultural.

Euler David de Siqueira – Professor Titular da UFRRJ, Cientista Social IFCH/UERJ, Mestre e Doutor em Sociologia pelo IFCS\UFRJ. Pós-doutor em Sociologia pela Université Paris Descartes Sorbonne, França, Professor efetivo do PPGPDS – Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento Sustentável – UFRRJ.

Marli Barboza da SilvaDoutoranda pelo Programa de Pós-Graduação em Comunicação da UERJ. Mestre em Estudos Culturais (UFMT), pesquisadora na linha Cultura das Mídias, Imaginário e Cidade, e em Ensino de Jornalismo. Membro do grupo de pesquisa Comunicação, Cultura e Sociedade. Professora da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), vinculada à Faculdade de Letras, Ciências Sociais e Aplicadas no campus de Tangará da Serra.

Fernando Jesus da Silva Doutorando e Mestre em Linguística (Unemat). Professor efetivo da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), no Instituto de Linguagens, Curso de Licenciatura em Letras Português/Espanhol. Formado em Lingua Portuguesa e respectivas Literaturas (Unemat), em Língua Espanhola e respectivas Literaturas (UFMT). Atua principalmente nos seguintes temas: Ensino de Língua Espanhola, Sociolinguística Variacionista, Contato Linguístico, Línguas Fronteiriças.


Sobre o III Colóquio
O III Colóquio Mato-grossense de Educomunicação tem como tema principal “Educomunicação, BNCC e Fortalecimento da Cidadania”. É promovido pelo grupo de pesquisa Jornalismo, Educomunicação e Cidadania (Educom.JOR), sediado na Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat). O evento é gratuito, online e acontece entre os dias 19 e 21 de novembro de 2020.  


Sobre as inscrições e submissão de trabalhos
As inscrições que iniciaram no dia 15 de setembro, vão até novembro. Aos interessados em enviar relatos de experiências e resumos expandidos, a data limite para envio é 18 de outubro, pelo sistema de inscrições e podem ser acessadas em: eva.faespe.org.br/3educommt


Para acompanhar todos os detalhes, confira nossa presença na Internet:
Sistema de inscrições: eva.faespe.org.br/3educommt
Blog oficial: Coloquio Educom.MT
Fanpage: fb/Coloquio.Educom
Hashtags oficiais:#educomjor #3ColoquioMT #unemat

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *