Notícia sobre o evento no Portal Unemat

Unemat realiza III Colóquio Mato-grossense de Educomunicação em novembro
por Lygia Lima

A Universidade do Estado de Mato Grosso realiza de 19 a 21 de novembro o III Colóquio Mato-grossense de Educomunicação com o tema “Educomunicação, BNCC e Fortalecimento da Cidadania”. Esta terceira edição é totalmente on-line e as inscrições tanto para participação como para submissão de trabalhos começam a partir do dia 15 de setembro  e podem ser acessadas clicando no link. As inscrições de trabalhos poderão ser feitas até o dia 18 de outubro.

O Colóquio Mato-grossense de Educomunicação será totalmente à distância com atividades que serão realizadas por webconferências com participação limitada e transmissão pelas redes sociais. O principal objetivo do evento é discutir as temáticas relacionadas à educomunicação e à Base Nacional Comum Curricular (BNCC) a partir das experiências realizadas em Mato Grosso em diálogo com pesquisadores e educadores do Estado, do país e da Universidad Complutense de Madrid, na Espanha.

Além da conferência de abertura, também serão realizadas cinco mesas-redondas, apresentação de trabalhos em 7 eixos e homenagem a Muniz Sodré . Entre os palestrantes convidados, já estão confirmadas as participações de duas professoras da Espanha (Universidad Compustelnse de Madrid – na mesa 1), além de ter representação de todas as regiões brasileiras na composição das mesas. As mediações das mesas e coordenação de eixos são feitas pelos parceiros (Unemat, UFMT, ABPEducom).

Uma das conferências mais aguardadas no evento é a que será realizada na abertura pela Drª Rosane Rosa (UFSM) que falará sobre Educomunicação como uma Epistemologia do Sul. A conferencista trata do tema a partir de Boaventura Sousa Santos que aponta para um “repensar a teoria crítica e reinventar a emancipação social”. Nesse sentido, ela discute o papel desse paradigma no processo de emancipação social, no contexto das organizações sociais brasileiras e latino-americanas. No âmbito da interface Comunicação e Educação, a perspectiva educomunicativa advém da experiência da comunicação e educação popular que atuam sob os referenciais de Paulo Freire e Mario Kaplun em vista de posturas dialógicas, participativas, democráticas e problematizadoras nos processos comunicativos.

A professora Antônia Alves, que é a coordenadora do evento, ressalta o desafio em organizar um evento dessa magnitude. “Para nós, do Educom.JOR, será uma oportunidade para dialogar com pesquisadores brasileiros e espanhóis sobre a interface Comunicação e Educação em um momento tão propício no cenário brasileiro, em que as instituições educativas se voltam para a implantação da BNCC em um contexto de diversidade e de mediação tecnológica.”

O grupo de pesquisa é filiado à Rede de Pesquisa Aplicada em Jornalismo e Tecnologias Digitais (JorTec) da Associação Brasileira de Pesquisadores em Jornalismo e alguns pesquisadores são associados da Associação Brasileira de Pesquisadores e Profissionais em Educomunicação (ABPEducom).

Parceiros:
Curso de Jornalismo da Unemat
Curso de Comunicação Social da UFMT
Diretoria de Gestão Educação a Distância (DEAD/Unemat)
Cursos de Ciência da Comunicação e Sistema da Informação
Associação Brasileira de Pesquisadores e Profissionais em Educomunicação (ABPEducom)
Secretaria de Estado de Educação de Mato Grosso (Seduc)

Para saber mais sobre o evento e acompanhar todas as novidades acesse: http://www.educomunicacao.org/educom/

Notícia publicada em 10/09/2020 neste link.

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *