Educomunicação como uma epistemologia do sul

Rosane Rosa – Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)

Na abertura do III Colóquio Mato-grossense de Educomunicação, o paradigma será discutido como uma epistemologia do Sul, dia 19 de novembro de 2020. Instigada por Boaventura Sousa Santos que propõe o “repensar a teoria crítica e reinventar a emancipação social”, a conferência será proferida pela professora Drª Rosane Rosa, da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).

Nesse sentido, a conferência repensa o papel da educomunicação no processo de emancipação social, no contexto das organizações sociais brasileiras e latino-americanas. No âmbito da interface Comunicação e Educação, a perspectiva educomunicativa advém da experiência da comunicação e educação popular que atuam sob os referenciais de Paulo Freire e Mario Kaplún em vista de posturas dialógicas, participativas, democráticas e problematizadoras nos processos comunicativos.

Sobre a conferencista
Rosane Rosa é pós-doutora pelo Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra, sob a supervisão do professor Boaventura de Souza Santos (2017-2018 – CAPES). Doutora em Comunicação e Informação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2009- CNPQ), Mestre em Comunicação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (2000), graduada em Relações Públicas (1990) e Jornalismo (1992) pela Unisinos.

É professora no Departamento de Ciências da Comunicação, do Programa de Pós-graduação em Comunicação e do Programa Tecnologias Educacionais em Rede da Universidade Federal de Santa Maria.
Foi professora assistente da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (2001-2008), professora na pós-graduação latu sensu SENAC – São Paulo (2005-2007).

Em nível internacional, é coordenadora do Acordo de Cooperação Internacional entre a Universidade Federal de Santa Maria e a Universidade de Cabo Verde. Coordenadora do Acordo de Cooperação Internacional entre a UFSM e a Universidade Pedagógica de Moçambique – Projeto Educomunicação Intercultural \CAPES. É Professora Visitante dos Programas de Pós-graduação Design e Multimídia e Jornalismo e Mídias Digitais da Universidade Pedagógica de Moçambique. Integra a Global Alliance for Partnerships on Media and Information Literacy (GAPMIL).

Enquanto pesquisadora, lidera o Grupo de Pesquisa Comunicação, Educação Intercultural e Cidadania (CNPQ) e Coordena o Projeto de Ensino, Pesquisa e Extensão – EDUMIX Editora Aberta. Foi Vice-presidente (2012-2014; 2014-2016) e cofundadora da Associação Brasileira de Pesquisadores e Profissionais de Educomunicação (ABPPEducom). Investiga os temas Comunicação, Direitos Humanos, Políticas Sociais, Educomunicação, Alteridade e Cidadania.

Participou da organização de sete livros, publicou 21 capítulos e 32 artigos.
A pesquisadora tem experiência de mais de 10 anos na área de Comunicação de interesse público no Primeiro, Segundo e Terceiro Setor. Participou (2004-2005) da Pesquisa “Latinoamericada? Conhecer para intervir: infância violência e mídia?, desenvolvida para o projeto? Vozes por um continente sem violência? (BICE)”.

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *