Seduc apresenta seus projetos educomunicativos que tiveram início com assessoria do NCE-USP

conferencista_leandro

Leandro Rodolfo Resende da Secretaria de Educação de Mato Grosso (Seduc) virá ao evento a fim de apresentar aspectos gerais do projeto Educomunicação existente em 150 escolas do estado de Mato Grosso, destacando a relevância do protagonismo do aluno no uso pedagógico das tecnologias no processo de ensino-aprendizagem. Sua participação está prevista para a mesa de abertura sobre “Educomunicação no ensino superior de Jornalismo“, mas o professor participará de outras atividades semipresenciais, em Alto Araguaia, a fim de interagir com experiências das secretarias de educação da cidade de São Paulo e de Porto Alegre.

De acordo com informações do site, o projeto Educomunicação da Seduc proporciona a criação e o fortalecimento de ambientes educomunicativos nas escolas e facilita o processo ensino/aprendizagem através do uso rádio, jornal e outras tecnologias, promovendo a expressão comunicativa na comunidade escolar. Foi implantado em 2007 quando foram entregues os equipamentos necessários para seu funcionamento. Nos anos subsequentes, as escolas interessadas fizeram a aquisição de materiais com recursos próprios, planejados no PDE, e a SEDUC disponibiliza um profissional – efetivo ou contratado – para coordenar as atividades. Além disso, anualmente, é ofertada uma formação para os profissionais que atuam nessa função.

Mas o namoro da Seduc com a Educomunicação é antigo. Teve início com o Educomrádio.centro-oeste, em 2004, derivando-se do projeto Educom.rádio implantado nas escolas públicas da cidade de São Paulo em 2001. O projeto teve início quando um grupo de profissionais da educação de 70 escolas do ensino médio da Região Centro-Oeste participou do curso “Educomunicação pelo rádio em escolas do ensino médio da Região Centro-Oeste”, oferecido pelo Núcleo de Comunicação e Educação (NCE-USP) numa parceria entre o MEC e as secretarias estaduais de Educação de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás.  Em momentos posteriores, o projeto teve continuidade com a assessoria de professores da UFMT, dentre os quais Ailton Segura e Claudia Moreira que participaram do I Colóquio Mato-grossense de Educomunicação, em 2014.

 

Leandro Rodolfo Resende é Mestre em Estudos Literários. É professor, escritor, agente cultural e tutor na Educação a Distância. É graduado em Letras (UFMT). Em 2013 publicou o livro “Memórias da melhor idade de Alto Araguaia”. Na graduação foi monitor e voluntário de Iniciação Científica. Como Agente Cultural teve projetos aprovados pela SEC-MT, FUNARTE, MinC e pelo BASA. Atualmente, ministra o Curso de Nova Ortografia, é Tutor pela UAB/IFMT e é Professor Efetivo Técnico Pedagógico atuando na Coordenadoria de Projetos Educativos da SEDUC-MT. Site pessoal:www.punhoeducativo.org

 


Tudo sobre o II Colóquio Mato-grossense de Educomunicação

Talvez você também goste

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *