Especialista em educomunicação que carregará a Tocha Olímpica virá ao II Colóquio

conferencista_carlos

Radialista, professor de inglês da rede estadual de São Paulo, com especialização em Educomunicação, Carlos Lima poderá adicionar em seu currículo que carregou a Tocha Olímpica das Olimpíadas Rio 2016. Acontecerá no dia 26 de maio em sua cidade natal, Petrolina-PE. Foi o escolhido entre 110 pessoas pela sua colaboração nas práticas educomunicativas. Alguns dias depois, vai participar de três atividades do II Colóquio Mato-grossense de Educomunicação, em Alto Araguaia.

 

Trabalhando desde 2001 dentro das escolas desenvolvendo projetos educomunicativos, a primeira iniciativa foi com o Educom.rádio, em parceria com o Núcleo de Comunicação e Educação (NCE-USP), atuando com rádio escolar e protagonismo juvenil. O programa cresceu e mudou o nome para Nas ondas do rádio, graças à Lei Educom (lei municipal nº 13.941, de 28/12/2004) que tornou a Educomunicação uma política pública na cidade de São Paulo. Em 2009, a Portaria 5.792 abriu a possibilidade de contratação de uma equipe de especialistas para realizar as formações dos docentes e contribuiu para o reconhecimento oficial dos projetos de educomunicação desenvolvidos nas escolas.

 

A experiência educomunicativa vem dando tão certo na cidade de São Paulo que, em 2015, foi criado o Núcleo de Educomunicação, tendo Carlos Lima como gestor. Assim, os projetos e programas educomunicativos estão a todo vapor com oficinas formativas. É a Secretaria Municipal de Educação de São Paulo atuando com responsabilidade na capacitação de professores, técnicos e gestores de 13 Diretorias Regionais de Ensino (DREs).

 

Sempre à frente, Carlos exercia sua coordenação cumprindo o objetivo do programa de capacitar os professores da rede estadual a usarem às tecnologias em prol da informação. Em sua animação como mediador, os alunos tornam-se protagonistas realizando atividades na área da comunicação, como vídeos, blogs, e rádio. Dentro desse universo destaca-se o projeto Imprensa Jovem que leva os alunos do ensino fundamental a se tornarem repórteres, e as salas de informática em um redação jornalística.

 

Carlos Lima virá a Alto Araguaia para participar de atividades no dia 13 de junho. Participará da mesa de abertura “Educomunicação no ensino superior” e da webconferência “Direito à comunicação, empoderamento e protagonismo juvenil“. Será um dos palestrantes no mini-curso “Práticas educomunicativas no jornalismo“.

 


Tudo sobre o II Colóquio Mato-grossense de Educomunicação

 

Por Neila Grenzel

 

Talvez você também goste

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *